O mundo de Roald Dahl – #1 parte

Setembro é o mês do nascimento do escritor britânico Roald Dahl. Por isso… resolvemos escrever um pouquinho sobre ele e desvendar o seu mundo, sua vida e sua obra.

Vamos lá!

Roald Dahl (Llandaff, 1916 – Oxford, 1990)
MA_02
Escritor britânico, filho de pais noruegueses, nasceu em 13 de setembro de 1916, na Catedral de Llandaff, distrito da cidade de Cardiff, no País de Gales. O seu nome Roald foi dado em homenagem ao explorador norueguês Roald Amundsen (líder da primeira expedição a chegar ao Polo Sul, considerado herói nacional na Noruega na época).

Em 1920, quando Roald tinha três anos, sua irmã de sete, Astri Dahl, morreu de apendicite. Poucas semanas mais tarde, seu pai Harald também morreu, vítima de uma pneumonia, aos cinquenta e sete anos. Apesar da viuvez, sua mãe preferiu manter a família na Grã-Bretanha a retornar à Noruega para viver com seus parentes, para realizar o desejo de seu marido de que os filhos estudassem em escolas inglesas. Roald cursou a Escola da Catedral de Llandaff.

Aos oito anos, Roald e quatro de seus amigos foram golpeados com um bastão pelo diretor após colocarem um rato morto que encontraram em sua aula no colégio em um pote de doces numa loja local, castigo que a mãe de Roald considerou desmedido, retirando-o assim da escola.

Aos nove anos, Roald Dahl foi enviado para Saint Peter’s School, um colégio particular na cidade costeira de Weston-super-Mare, onde permaneceu de 1923 até 1929. A partir dos treze anos, foi educado na Repton School, em Derbyshire, onde foi ajudante de prefeito, se converteu no capitão da equipe escolar de Fives e desenvolveu seu interesse pela fotografia.

Durante seus anos em Repton, a fábrica de chocolates Cadbury enviava ocasionalmente caixas dos seus novos produtos à escola para que fossem provados pelos alunos. Dahl costumava sonhar em inventar uma nova barra de chocolate que seria o assombro do senhor Cadbury, o que o serviu como inspiração para escrever seu segundo livro para crianças, A Fantástica Fábrica de Chocolate.

Ao longo de sua infância e adolescência, passou suas férias de verão na Noruega. Sua infância é o tema de seu livro autobiográfico Boy: Tales of Childhood.

Depois de terminar o colégio, passou três semanas explorando Terra Nova com um grupo chamado Public Schools’ Exploring Society. Em julho de 1934 passou a trabalhar na empresa petrolífera Royal Dutch Shell. Após dois anos de treinamento no Reino Unido, foi transferido para Dar-es-Salaam, Tanganica (atual Tanzânia).
MA_03
Em novembro de 1939 ingressou na Royal Air Force. No dia 19 de setembro de 1940, Dahl voaria seu Gladiator de Abu Suweir, Egito, até Amiriya para recarregar combustível, e logo até Fouka, Líbia, para uma segunda carga. Daí voaria até a pista do esquadrão 80, 50 km ao sul de Mersah Matruh. No trecho final, não pôde encontrar a pista e, com pouco combustível e com a noite caindo, viu-se forçado a tentar uma aterrizagem no deserto.

Infelizmente, o trem de aterrizagem golpeou uma rocha e o avião caiu. Roald fraturou o crânio, rompeu o nariz e ficou cego. Conseguiu se afastar do avião em chamas e desmaiou. Mais tarde, escreveu sobre seu acidente em seu primeiro trabalho escrito publicado. Numa investigação da RAF sobre o incidente, foi descoberto que o local que lhe foi indicado para voar estava completamente errado; ele tinha sido enviado a uma zona entre as forças britânicas e italianas.

Dahl foi resgatado e levado a um posto de primeiros socorros em Mersah Matruh, onde recuperou a consciência (embora não a vista), e foi movido por trem para o hospital da Royal Navy em Alexandria.

Ali se apaixonou por uma enfermeira, Mary Welland, que foi a primeira pessoa que enxergou ao recuperar a vista, após oito semanas de cegueira. Os doutores disseram que não havia nenhuma possibilidade de que voltasse a voar, mas, em fevereiro de 1941, cinco meses depois de entrar no hospital, recebeu alta e passou para missões de voo.

Mais tarde prestou serviço na Síria, e logo trabalhou na inteligência britânica. Terminou a guerra como Wing Commander (rank de quarto grau).

Começou a escrever em 1942, quando foi transferido para Washington, DC como Adido Militar Aéreo. Seu primeiro trabalho publicado, que apareceu na edição do Saturday Evening Post do dia 1 de agosto de 1942, foi um conto chamado Shot Down Over Lybia (“abatido na Líbia”), descrevendo seu acidente com o Gloster Gladiator. O título original em inglês era A piece of cake, mas foi mudado para efeito dramático, apesar do acidente não ter tido nada a ver com a ação inimiga.

MA_04
Roald Dahl em 1962 com sua esposa Patricia Neal e seus filhos (da esquerda) Theo, Tessa e Olivia.

Dahl se casou com a atriz americana Patricia Neal no dia 2 de julho de 1953 na Trinity Church, em Nova Iorque. Seu casamento durou 30 anos e tiveram cinco filhos: Olivia (que morreu de sarampo e encefalite em 1962, aos sete anos), Tessa, Theo, Ophelia, e Lucy.

Aos quatro meses de idade, Theo Dahl ficou gravemente ferido quando seu carrinho de bebê foi atingido por um táxi em Nova Iorque. Durante um tempo, teve hidrocefalia, e como resultado seu pai se envolveu no desenvolvimento do que ficou conhecido como válvula de “Wade-Dahl-Till” (ou WDT), um dispositivo para aliviar a condição.

Em 1965, Neal teve três aneurismas cerebrais quando grávida da quinta criança do casal, Lucy; Dahl se encarregou de sua reabilitação e ela eventualmente reaprendeu a andar e falar. Eles se divorciaram em 1983 após um casamento turbulento, e ele em seguida casou com Felicity (“Liccy”) d’Abreu Crosland (nascida em 12 de dezembro de 1938), 22 anos mais nova.

Roald Dahl morreu em novembro de 1990, aos 74 anos, de uma doença sanguínea rara, em sua casa, Gipsy House, em Great Missenden, Buckinghamshire, e foi enterrado no cemitério na igreja paroquial de São Pedro e Paulo. Em sua honra, a Roald Dahl Children’s Gallery foi aberta num museu em Aylesbury.

Interessante saber da vida dos escritores, não é mesmo? Descobrir que viveram uma vida além dos livros que nem imaginávamos. E olha que a vida de Roald Dahl não foi fácil hein!

Bom… fique atento ao próximo post para mais descobertas do mundo desse escritor extraordinário. Até lá!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s