CineKaramelo indica: Os Saltimbancos Trapalhões

O CineKaramelo deste mês está imperdível! Inspirado no livro Os músicos de Bremen, nosso segundo DESAFIO KaraMelada, escolhi um filme brasileiro adaptado da peça musical “Os Saltimbancos”, inspirada em um texto italiano baseado no conto dos irmãos Grimm.

A indicação do mês de abril é…

OS SALTIMBANCOS TRAPALHÕES (1981)
CK_20
Os Saltimbancos Trapalhões” é um filme brasileiro estrelado pelo grupo humorístico Os Trapalhões, formado por Didi, Dedé e os saudosos Mussum e Zacarias. Renato Aragão foi pedir ao compositor Chico Buarque autorização para adaptar o musical Saltimbancos para o cinema. O compositor não só gostou da ideia mas adaptou a história para o quarteto de humoristas, adicionando novas músicas, junto com os italianos Bardotti e Bacalov.

No filme, ao invés de animais, temos artistas de circo, explorados pelo dono do circo. O roteiro, escrito por Chico Buarque em parceria com Antonio Pedro (o diretor da primeira montagem teatral) traz os Trapalhões como humildes funcionários do circo Bartholo, que se tornam sucesso graças à capacidade de fazer o público rir. Karina, personagem de Lucinha Lins, é filha do ganancioso dono do circo e acaba formando um número musical com o quarteto. Nele existe uma referência à fábula, onde eles executam a música “História de uma gata” fantasiados; Lucinha Lins, como a Gata, Didi e Dedé Santana na posição de burro, Mussum de cachorro e Zacarias de galinha.

O filme foi dirigido por J. B. Tanko, sendo considerado um dos melhores filmes do grupo, com direito a cenas gravadas nos estúdios da Universal em Hollywood (dirigidas por Adriano Stuart e Dedé Santana).

No longa são mantidas duas músicas do original: “História de uma gata” e “Minha Canção”. Chico Buarque adapta a canção “Todos Juntos”, alterando-a para o contexto circense, e “Bicharia”, que aqui, vira “Rebichada”. As músicas inéditas são “Piruetas”, “Hollywood” (que substitui “A Cidade Ideal”), “Alô, liberdade”, “A cidade dos artistas” e “Meu caro Barão” (ao invés de “A Pousada do Bom Barão”). Além das vozes do quarteto, as canções têm participações do próprio Chico Buarque, Lucinha Lins, Bebel Gilberto e Elba Ramalho.

Cartaz:
CK_21
Sinopse:

Tudo acontece no Circo Bartholo, um circo de periferia que está quase fechando, pois muitos não acham graça nele. Sem querer quatro desastrosos zeladores de animais entram no palco e fazem tanta confusão que a plateia acha finalmente no circo algo para rir. A partir de então, o Barão (Paulo Fortes), um dos donos, transforma os Trapalhões na principal atração.

Eles enfrentam a rivalidade do mágico Assis Satã (Eduardo Conte) e contam com a amizade de Karina (Lucinha Lins), interesse romântico de Didi, para enfrentar os desmandos do empresário.

Percebendo que são o grande sucesso do circo e cansados de viver sob exploração do Barão, fogem para a cidade almejando melhores condições de trabalho, buscando o sucesso como artistas. A cidade dos sonhos, ao invés de Bremen, vira Hollywood.

O filme foi distribuído pela Embrafilme e tem duração de 88 minutos.

Trailer:

Esta é uma produção que agrada a todas as idades e que fez muito sucesso na época. Não tem como esquecer das músicas e de algumas cenas, por exemplo, quando Mussum e Zacarias estão sendo perseguidos pelo cachorro de estimação que eles cogitaram comer. Hilário! E também a clássica gag “Eu vou popotizar você!”.

Realmente “Os Saltimbancos Trapalhões” é uma aventura para rir e se divertir com toda a família! 🙂

Por hoje ficamos por aqui. Até o nosso próximo CineKaramelo!


VOCÊ SABIA?

Estreou em 2014 o musical Os Saltimbancos Trapalhões, encenado pela dupla Charles Möeller e Claudio Botelho. Com texto e direção do primeiro e supervisão do segundo. São 120 profissionais envolvidos na produção, sendo 75 necessários a cada sessão, dos quais 35 em cena (20 atores, 8 artistas circenses e 7 músicos). A produção conta com o cenário de Rogério Falcão, os figurinos de Luciana Buarque e a iluminação de Paulo Cesar Medeiros. No elenco estão Giselle Prattes, João Gabriel Vasconcellos, Nicola Lama, Adriana Garambone, Lívian Aragão, Roberto Guilherme (o bigodudo Sargento Pincel), Dedé Santana e o estreante nos palcos Renato Aragão.

Estreará em 2017 o filme Os Saltimbancos Trapalhões – Rumo a Hollywood, com direção de João Daniel Tikhomiroff e direção musical de Claudio Botelho. Parte do elenco do longa tem experiência de palco: Letícia Colin, a mocinha Karina, que foi de Lucinha Lins, e Emílio Dantas, o mocinho Frank, vêm dos musicais. Os vilões são a dupla Satã (Marcos Frota) e Tigrana (Alinne Moraes), além do dono do circo, Barão (Roberto Guilherme). Lívian Aragão, filha de Renato, é a filha da vidente Zoroastra (Maria Clara Gueiro). O novo filme contará com uma música perdida de Chico Buarque, a inédita “Amor Natural”, que Botelho encontrou nos arquivos de uma peça.

A trilha sonora do filme de 1981, lançado pela gravadora Universal, se tornou um grande sucesso nas rádios.
CK_22
1. Piruetas
2. Hollywood
3. Alô, Liverdade
4. A Cidade dos Artistas
5. História de uma Gata
6. Rebichada
7. Minha Canção
8. Meu Caro Barão
9. Todos Juntos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s