Rádio Karamelo indica: Os Saltimbancos

Nova seção do Mundo KaraMelada! A nossa Rádio Karamelo!

Nesse espaço iremos postar nossas indicações de CDs para crianças. Como uma boa pianista que trabalha com crianças… esse espaço não poderia faltar!

E inspirada no segundo livro do nosso DESAFIO: Os músicos de Bremen, indicamos um CD que tem tudo a ver com ele.

A nossa indicação é…

OS SALTIMBANCOS (lançado em 1977, pela gravadora Philips)

Música de Luiz Enriquez
Texto original de Sérgio Bardotti
Tradução e adaptação de Chico Buarque
Fábula musical inspirada no conto dos Irmãos Grimm “Os músicos de Bremen”
Cantores: Magro (do grupo MPB4), como JUMENTO; Ruy (do grupo MPB4), como CACHORRO; Nara Leão, como a GATA, e Miúcha como a GALINHA.
Coro Infantil: Bebel Gilberto, Bee de Campos, Lelê Buarque, Lolô, Lulú e Pipa.

RK_02
1. Bicharia
2. O Jumento
3. Um Dia de Cão
4. A Galinha
5. História de uma Gata
6. A Cidade Ideal
7. Minha Canção
8. A Pousada do Bom Barão
9. A Batalha (Instrumental)
10. Todo Juntos
11. Esconde Esconde
12. Todos Juntos (reprise)
13. Bicharia (reprise)

A HISTÓRIA

Quatro bichos abandonam seus donos por causa dos maus tratos, o jumento que não aguenta mais carregar tanto peso sem recompensa alguma, um cachorro que está muito velho para guardar a casa, uma galinha que não consegue mais botar ovos e uma gata que está cansada de servir como companhia de luxo de sua patroa. Eles se juntam e partem para a cidade em busca do sonho de se tornarem artistas. Na verdade, deixam para trás a opressão que sofrem de seus “patrões” e vão em busca da liberdade.

ESTRUTURA

A história é contada pelos próprios animais e por um coro de crianças, através de narração e canções que vão se entrelaçando. O Jumento tem pequenos monólogos e funciona como um ‘mestre de cerimônias’, apresentando ao ouvinte/público o que está por vir. As crianças são como vozes de consciência dos animais, alertando contra perigos e indicando os caminhos certos. São quase como um “coro grego”, apontando reflexões nas canções, destacando alguma frase específica ou enfatizando, muitas vezes, o refrão.

É um musical com estrutura tradicional, aonde as músicas vão ajudando a desenvolver a história. Existem as canções de personagens (O Jumento, Um Dia de Cão, A Galinha e a História de uma Gata), onde cada animal se apresenta e revela quem é; canções onde os personagens expressam seus objetivos e sonhos (A Cidade Ideal); canção de abertura, ou prólogo (Bicharia), que prepara o público para o que vem pela frente; canções clímax (Minha Canção e Todos Juntos), onde os personagens explodem em sentimentos de alegria/vitória; entre outras, todas com funções bem definidas.

COMO TUDO ACONTECEU?

Tudo aconteceu em 1976, quando Chico Buarque, em passeio pela Itália, conheceu o disco infantil I Musicanti, com músicas de Luis Enríquez Bacalov e texto de Sérgio Bardotti. Inspirado no conto dos Irmãos Grimm, Os Músicos de Bremen (Die Bremer Stadtmusikanten), a versão italiana mudou o sexo de dois personagens: o gato, que passou a ser gata; e o galo, agora, uma galinha. Essa mudança foi unicamente devido aos intérpretes da obra: um grupo musical muito popular da Itália chamado I Ricchi e I Poveri formado por dois homens e duas mulheres.

Apesar da qualidade do trabalho, o disco italiano não teve grande repercussão no seu país de origem, mas Chico Buarque achou o material muito interessante e trouxe a ideia pro Brasil. Pelo contrato com sua gravadora, ele precisava gravar um disco naquele ano (77), então aproveitou a oportunidade para lançar sua versão desse disco. O mercado infantil não era muito valorizado nessa época, mas a gravadora não se opôs.

Como o título original não tinha uma boa tradução na nossa língua, escolheram o título de Saltimbancos, que significa músicos ou artistas que itineram e se exibem em feiras, ruas e etc… Com as bases originais em mãos, traduziu e adaptou o texto à realidade brasileira, conseguindo imprimir uma linguagem mais teatral à obra. Aproximou as letras ao português falado da época, incluindo gírias, termos e expressões.

Por toda essa contribuição e autonomia que a adaptação conquistou, Bardotti considerava Chico como um ‘coautor’ do musical. Em pouco tempo 100 mil cópias foram vendidas (um recorde pra época), e formação de um público novo, o infantil. Ninguém podia prever, mas Saltimbancos virou um fenômeno em pouco tempo, e suas canções são referência até hoje.

SEU LADO POLÍTICO

Bom… a história já nasceu política desde o conto que a inspirou: Os músicos de Bremen, dos Irmãos Grimm. No conto alemão, quatro animais, aqui todos machos, resolvem fugir de suas casas por serem maltratados por seus donos, senhores feudais na época. Ficar significaria provavelmente a morte, já que estavam velhos e não serviam para mais nada. Decidem fugir e ir pra Bremen, cidade alemã que na época significava liberdade, pois não existia feudalismo. A simbologia da história foi tão marcante que, em 1951, na cidade de Bremen, ergueram uma estátua de bronze dos animais. A homenagem não era apenas ao conto, mas principalmente à liberdade. Alguns críticos também citam uma provável influência na adaptação de Chico da fábula sobre a Revolução Russa de 1917, A Revolução dos Bichos (Animal Farm), de George Orwell, de 1945, onde os animais de uma fazenda, indignados com suas condições de vida e de trabalho, expulsam o patrão e criam novas regras de convivência entre eles.

No Brasil vivíamos o regime militar, e Saltimbancos, numa análise política, tinha os animais representando o povo, dividido por alguns setores: a gata, os artistas (mal vistos pelo governo por expor suas ideias); a galinha, a classe trabalhadora (operários) que não podia falhar na execução do seu serviço; o burro, os intelectuais (o líder que se rebela e é responsável pela organização do grupo) e o cachorro, os militares (um soldado leal que não se opõem às ordens, obedece sempre mas, que no entanto, apresenta descontentamento com essa situação). A figura do Barão (aqui, sinônimo de patrão, no caso dos animais), o antagonista da história, representaria a elite ou a classe detentora do poder.

O musical é cheio de sugestões, duplos sentidos e críticas veladas. E, ainda assim, atinge as crianças que, de forma lúdica, passam a ter uma visão do mundo e absorvem valores muito importantes como união, solidariedade, justiça e diversidade.

RK_03
A estátua de bronze dos “Músicos de Bremen”

Em 1977, no mesmo ano em que o disco foi lançado, foi realizada no Canecão (extinta casa de shows do Rio de Janeiro) a encenação do espetáculo infantil Os Saltimbancos. A direção era de Antonio Pedro e o elenco trazia nomes como Marieta Severo como a gata; Miúcha, irmã de Chico Buarque, como a galinha; Pedro Paulo Rangel como o cachorro e Grande Otelo como o burro. No coro infantil, a cantora Bebel Gilberto e a filho de Chico Buarque, Silvia Buarque, entre outros.

A peça ganhou mais texto que o disco e, ainda assim, as canções acabam trazendo informação suficiente pra compreensão da história. Através do jogo de palavras, da sonoridade e das rimas, as crianças se envolviam muito fácil com a obra.

A montagem se tornou histórica, recebeu indicação para o Prêmio Mambembe de melhor ator para Pedro Paulo Rangel, Grande Otelo e Marieta Severa, mas acabou ganhando na Categoria Especial, que premiou Chico Buarque pela adaptação da obra. A peça ganhou ainda o prêmio Apca (Associação Paulista de críticos de arte) como melhor espetáculo.

RK_04
Grande Otelo e Marieta Severo
RK_05
Pedro Paulo Rangel ao centro e Bebel Gilberto à esquerda

No decorrer dos anos milhares de montagens foram realizadas por todo o país e até fora dele. 🙂

Legal não é mesmo? Bom… como uma boa pianista deixo para vocês o arquivo original para piano da peça completa. Aproveite VOCÊ que é professor para trabalhar com os seus alunos e quem sabe fazer uma montagem para apresentar na escola?

RK_OsSaltimbancos

Eu super recomendo esse CD para as crianças!

Até o próximo Rádio Karamelo!

Anúncios

2 comentários sobre “Rádio Karamelo indica: Os Saltimbancos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s